BrasilJustiça

Advogada é algemada no Rio de Janeiro e OAB repudia tratamento

Caso aconteceu nesta segunda(10) durante uma audiência no Juizado Especial de Duque de Caxias.

O presidente da Comissão de Prerrogativas da Ordem, Luciano Bandeira,  em conjunto com a OAB/Duque de Caxias e a Comissão OAB Mulher, repudiaram o tratamento recebido por uma advogada no 3º Juizado Especial Cível de Duque de Caxias, nesta segunda-feira (10). Na ocasião, a mulher foi algemada e presa durante uma audiência.

“Nada justifica o tratamento dado à colega, que denota somente a crescente criminalização de nossa classe. Iremos atrás de todos os que perpetraram esse flagrante abuso de autoridade. Juntos somos fortes”, afirmou o presidente da comissão.

Em um vídeo divulgado por rede social, a mulher aparece no chão do Juizado, cercada de policiais militares e é possível ouvir ela repetir por diversas vezes “que está trabalhando”.

LEIA TAMBÉM  Devedor tem CNH suspensa em ação de execução

Segundo a OAB/RJ, outros vídeos que mostram a ação foram enviados no grupo. Nas imagens é possível ver a advogada sentada à mesa de audiências requerendo a presença de delegado da Ordem, sendo confrontada pela juíza, que solicita que aguarde do lado de fora da sala de audiência.

A advogada insiste em permanecer sentada e a juíza então informa que notificará a polícia para a sua retirada.

O caso foi registrado na 59ª Delegacia de Polícia da região.

Tags
CONTINUAR LENDO

RECOMENDADOS

Comentários

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios