Apoiadores de Bolsonaro doam quase R$ 900 mil à Santa Casa de Juiz de Fora

Após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter proibido o presidente eleito Jair Bolsonaro de doar os recursos que sobraram de sua campanha à Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, hospital que em que foi operado após levar uma facada antes do primeiro turno, seus apoiadores já doaram cerca de R$ 900 mil à instituição. A conta, registrada no Banco do Brasil, já teria contabilizado quase 40 mil depósitos voluntários.

LEIA TAMBÉM  Especialista descarta possibilidade de renovação política em outubro

Numerologia

Apesar de os apoiadores terem divulgado nas redes sociais que doariam ao menos R$ 1,00 para ajudar o hospital “que salvou a vida” do presidente eleito, a maior parte dos depósitos foi de R$ 17,17, em alusão ao partido ao qual Bolsonaro está filiado, o PSL, cujo número é 17. Procurado, o BB não Comentou.