Galinhas matam raposa invasora na França

De acordo com o diretor da fazenda-escola onde ocorreu o incidente, galinhas podem facilmente atacar invasores mais fracos

Galinhas de uma fazenda-escola no noroeste da França mataram uma raposa jovem que entrou no local.

O incidente inusitado ocorreu na região francesa da Bretanha. A raposa entrou num galpão onde viviam cerca de 3.000 galinhas, através de uma portinhola automática, que se fechou logo depois de sua passagem.

“As galinhas agiram levadas por um instinto de manada, e atacaram a raposa com bicadas”, diz Pascal Daniel, diretor da escola agrícola Gros-Chêne.

O corpo da pequena raposa foi encontrado no dia seguinte, num canto do galpão.

LEIA TAMBÉM  Bell Marques brinda o Réveillon na festa Jingle Bell em Brasília

“Tinha marcas de bicos por toda parte, do pescoço para baixo”, disse Daniel à agência francesa de notícias AFP.

A fazenda abriga cerca de seis mil galinhas criadas soltas. Elas ocupam um espaço de pouco mais de dois hectares de terra.

O galpão onde elas vivem permanece aberto no período diurno, e a maioria das galinhas passa o dia do lado de fora, segundo a AFP.